Despertando construtores, Parte 7

Posted by Fabio souza     Category: Despertando Construtores

Eu, João, irmão vosso e companheiro convosco na aflição, no reino, e na perseverança em Jesus, estava na ilha chamada Patmos por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. (Ap 1.9)

João estava parado numa região, mas não importava onde estava, mas sim o que carregava. O que levava dentro dele eram a palavra de Deus e o testemunho de Cristo. Na prisão, no cativeiro, no sofrimento da limitação. Não importa o tempo, como chegamos. Importa é o que carregamos. O que João carregava fez com que Deus o atraísse para que ele pudesse ver e compreender o que Deus estava fazendo.

Era um período em que a igreja perdeu um pouco o sentido de seu funcionamento. 30 anos depois de uma explosão que aconteceu em Éfeso (Atos 19) a Igreja já estava perdendo o seu sentido. Que já tinham feito que tivessem pra fazer e as coisas não estavam acontecendo. E João estava em Patmos. Ele diz, por causa da palavra da perseverança, do Reino, isso fez com que Deus puxasse. Como se João estivesse em um nível e Deus o levasse para cima.

Tudo começa com o que carregamos. É o que faz Deus nos transportar para compreender o que Ele está fazendo. Não é uma compreensão do que dizem as escrituras, mas o que estou carregando, o que me trouxe até aqui.

A palavra de Deus…

A palavra de Deus não é um livro. Não é o muito que Ele sabia, mas o temos do que Ele carregava diante de quem Deus era. Essa era a palavra de Deus, que Ele carregava. QUAL A PALAVRA QUE VOCÊ ESTÁ CARREGANDO? Está somente para ouvir qualquer palavra? E nunca carrega nenhuma palavra, sempre querendo saber para onde ir ou o que fazer, porque não carrega nenhuma palavra? Isso faz com que não haja evidência da causa que defende.

Liberar os homens, cura, servir com justiça, porque estamos perseguindo algo que está mais adiante: trazer ordem a uma criação. Isso é o que traz o Reino de Deus ordem a uma criação. É o reinado de Deus invadindo a terra. O reino de Deus é uma ação de Deus. Jesus(Yeshua) declarou : “Se expulso demônios, é pelo dedo de Deus que faço porque o reino de Deus é chegado a vocês…O que de onde satanás foi expulso, está chegando até você. Estou trazendo ordem, para a vida do homem e para a criação”.

Por isso para andarmos em autoridade e poder, devemos a posição de cada um de nós. Como vou entender a minha função no corpo? Primeiro desejando ver o corpo e depois descubro minha parte. Temos que começar pelo corpo e não por mim mesmo. Envolvendo-nos com o que Ele mandou fazer. Se nos envolvemos, vamos tendo compreensão de qual parte me cabe.

Quando João começou a ouvir as instruções para a Igreja, cada instrução vinha acompanhada de um aspecto do que viu (Apocalipse 1.12-16). Ele não estava mais avaliando a Igreja do que ele via de como estava a Igreja, ele já estava sendo levado a olhar a igreja como ele tinha visto o Filho. Esse é o cuidado que nós como proféticos devemos ter. Não olhar para a Igreja e avaliar a partir de seu conhecimento. Analisando a partir do que conhecemos. O que João estava aprendendo é que ele estava olhando a Igreja a partir do que tinha visto no Filho. Precisamos verificar o que vemos o Filho e encaixar em cada parte da Igreja. Temos que buscar o temor ao Senhor, carregar uma palavra e ela vai nos trazer compreensão, avançando por causa daquilo que carregamos. Muitas vezes queremos compreender tudo para podermos atuar. Precisamos cuidar com isso, porque podemos estar renovando nosso conhecimento e não nosso entendimento.

O testemunho de Jesus (Yeshua)

A primeira coisa que ele viu foi esse Filho, Yeshua, e a primeira parte depois de ter visto a imagem do Filho, foi caminhando sobre a Igreja. Isso nos recorda quando esteve, na Terra, e antes de ter derrubado tudo no templo, caminhou por todo o templo. E depois ele soltou um clamor que já havia sido feito por Jeremias e Isaias – a casa do meu Pai será chamada casa de oração. Ele está andando no meio da Igreja. Temos que buscar olhar para Ele e para a Igreja. Se olharmos somente para Igreja, não temos compreensão do que Ele esta fazendo, e só vai vir de acordo com aquilo que estamos carregando, não por causa das nossas capacidades ou condições. Ele estava em um dia, e esse dia foi chamado DIA DO SENHOR pra ele, que talvez tenha sido o dia em que resume toda sua vida.

Nas escrituras encontramos dias, como nomes de homens, Dias de João Batista, dias de Ló, de Elias, Noé… Dia do Senhor. O que leva a pensa que esses homens receberam uma “homenagem” porque eles deixaram de viver os dias deles, para viver o dia do Senhor. E esse dia do Senhor tem a ver com a missão que eles tinham nessa terra.

O dia do Senhor para João mudou toda a historia dele. No contexto histórico, parecia que tudo que eles tinham feito se perdeu, perdeu o sentido. Yeshua (Jesus) não tinha voltado… O que esta acontecendo? Cada vez mais os primeiros apóstolos não estariam mais na terra e se esse foi o João que caminhou com Yeshua (Jesus), estaria sozinho, talvez avaliando “olha como está a Igreja, tudo o que fizemos, parece que não vamos conseguir resolver nada mais. Já estou preso e limitado. Já estou velho e não consigo andar mais…” Mas o que ele manteve o transportou para uma compreensão ainda maior.

QUAL A PALAVRA QUE VOCÊ ESTÁ CARREGANDO? Está somente para ouvir qualquer palavra? E nunca carrega nenhuma palavra, sempre querendo saber para onde ir ou o que fazer, porque não carrega nenhuma palavra? Isso faz com que não haja evidência da causa que defende.

O que eu carrego me impulsiona, para compreender aquilo que Ele está fazendo. Não importa quantos dias ou horas, ou a situação que vivemos o que importa é o que carregamos. O que nos trouxe até aqui vai nos levar para onde teremos que ir.

4 Responses to “Despertando construtores, Parte 7”

  1. Gideon Souza Says:

    Palavras inteligentes, mas me parecem pouco genuinas(a tal autoridade)…talvez eu esteja errado…eu gosaria muito de ver o Jesus no Fabio…e não uma cópia de outros profétas…”O que na verdade somos?!”…uma farça?!…eu…vc…que o Espírito da verdade nos conduza…

  2. Fabio souza Says:

    Gideon, obrigado por mesmo assim ter lido o texto…Abraços

  3. Philipe Ipatinga Says:

    Muito bom, essas mensagens tem me ajudado muito. valeu
    A mulher samaritana abriu as porta para que o reino entrasse em sua cidade, ela carregava a palavra,ela esteve, recebeu e aceitou a palavra.

  4. Fabio souza Says:

    Valeu philipe, abraços.

Leave a Reply